"Estudar o budismo é estudar si mesmo

Estudar si mesmo é esquecer si mesmo

Esquecer si mesmo é estar identificado a todas as coisas

Estar identificado a todas as coisas é abandonar corpo e mente de si e de outros"

Eihei Dōgen (1200-1253)

Os Ensinamentos de Bodhidharma


Primeiro a levar a prática de Dhyana como eixo do Caminho Budista para a China, esse grande mestre indiano acolheu apenas três discípulos ao longo de toda sua vida. Tendo praticado a meditação silenciosa durante nove anos sozinho numa caverna no norte da China, diz-se que teria cortado os cílios para que seus olhos não pudessem fechar e ele não adormecesse. Com ele começa o estilo de prática que daria origem ao Zen.

Hoje estamos estudando os dois caminhos apontados por ele como formas de seguir o Caminho Budista e alcançar a liberação do sofrimento existencial: através da mente e através da vida cotidiana.

Leitura recomendada:

PINE, Red. The Zen Teaching of Bodhidharma. New York: Nort Point Press, 1987.