"Estudar o budismo é estudar si mesmo

Estudar si mesmo é esquecer si mesmo

Esquecer si mesmo é estar identificado a todas as coisas

Estar identificado a todas as coisas é abandonar corpo e mente de si e de outros"

Eihei Dōgen (1200-1253)
o sofrimento causado pela injustiça social e a prática do segundo preceito budista


No próximo domingo estaremos estudando o segundo preceito budista, que nos orienta a praticar a generosidade, compreendendo a vida de todos os seres como pura doação. Neste sentido a partilha dos recursos materiais, energia e tempo são objeto de um cuidado responsável:

“Consciente do sofrimento causado pela exploração, injustiça social,roubo e opressão, eu me comprometo a cultivar o amor bondoso e a aprender maneiras para trabalhar para o bem-estar das pessoas, animais, plantas e minerais. Eu me comprometo a praticar a generosidade ao compartilhar meu tempo, energia e recursos materiais com aqueles que realmente necessitam. Eu estou determinado a não roubar e nem possuir qualquer coisa que deva pertencer aos outros. Eu respeitarei a propriedade alheia, mas impedirei outros de lucrarem com a dor humana ou com o sofrimento das outras espécies deste planeta.”

A íntegra deste texto sobre o segundo preceito está disponível na seção de estudos para leitura e download.